domingo, 28 de janeiro de 2018

MEU AMANHECER

www.facebook.com/quatroletrasflaviacamargo

Acordo para mais um dia que começou.
Contemplo a tela azul que o sol pintou.
Também sinto meu coração se acender,
pois sua presença é o meu amanhecer.
Desperto com você na minha lembrança,
onde a minha alma te busca e te alcança.
Assim como lá fora a luz fertiliza o mundo,
nosso amor torna o meu caminho fecundo.
Te levar comigo é sorte que não tem preço.
O sentimento mais bonito que eu conheço.
Passarei a eternidade tentando expressar
como foi maravilhoso a gente se encontrar.

Flavia Camargo

domingo, 7 de janeiro de 2018

3 ANINHOS

www.facebook.com/quatroletrasflaviacamargo

3 aninhos!!!
Quantas coisas teríamos feito, hein...
Mas não fazer não me impediu de sentir : )
Convivendo com algumas crianças dessa idade, observo que elas já são capazes de ter conversas completas com outras pessoas. Elaboram os primeiros pensamentos próprios que vão além dos conteúdos que lhe foram transmitidos, começam a construir ideias novas, que resultam da conjugação entre os valores ensinados pelos pais e os traços da identidade que possuem, a qual se revela por meio de comentários inesperados, gestos espontâneos, causadores de surpresa, assombro, diversão e fascínio.
Impossível assistir a tais cenas sem me perguntar como você estaria me apresentando diferentes formas de ver o mundo, pelo seu ângulo particular, com indagações inusitadas e juízos mirabolantes. Não tenho suas palavras para produzirem esse efeito em mim, mas compartilho da mesma sensação inconfundível de quem foi levado a enxergar perspectivas incomuns, havendo apenas o detalhe de que meus motivadores são as circunstâncias que envolveram sua partida. E todos aqueles que se abrem a experiências assim, seja lá por que razão for, ganham um olhar mais amplo para abarcar compreensões imensas.
Quando nos despedimos, minha única meta era provê-lo do máximo de cuidados que eu conseguisse lhe dedicar. Sem a proximidade física, só me restaram os recursos emocionais. Foram muitos textos escritos, numerosas mensagens pronunciadas no coração, incontáveis recolhimentos, a fim de que não lhe faltassem provas de que você é importante.
Após longo empenho nesse sentido, a vida me deu a capacidade de ler a resposta. Tanto tempo concentrada nos meus deveres de mãe atrasou o instante de entender os sinais que você também me manda. Agora não estou alheia às suas manifestações de amor. Identifiquei a linguagem com a qual você me retribui. Cada bem que aparece no meu caminho em consequência de termos estado juntos é o seu modo de igualmente trabalhar para a minha felicidade.
Te amarei de janeiro a janeiro.
Até o mundo acabar.

Flavia Camargo

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

RPL (REVISTA PORTUGUESA SOBRE O LUTO) EDIÇÃO 5

Participei da 5a edição da RPL - Revista Portuguesa Sobre o Luto, da querida Clarisse Queirós - Socióloga / Conselheira do Luto, que teve como tema "O medo de uma nova gestação depois da perda". Obrigada por mais uma oportunidade de falar!

https://view.joomag.com/rpl-revista-portuguesa-sobre-o-luto-5/0864285001508097107

domingo, 15 de outubro de 2017

DIA INTERNACIONAL DA SENSIBILIZAÇÃO PARA A PERDA GESTACIONAL E NEONATAL

15 de outubro - Dia Internacional da Sensibilização para a Perda Gestacional e Neonatal.
Um filho ensina que AMAR transcende tempo e espaço. Coração que conheceu esse sentimento pulsará eternamente por ele. 
Mãe é um estado irreversível!
Meu agradecimento especial à querida BiaPOF por colocar todo seu carinho nessa imagem.


www.facebook.com/quatroletrasflaviacamargo